Conheça o Gerbil ou Esquilo da Mongólia e as dicas de cuidados

18 abr, 2016

Conheça o Gerbil ou Esquilo da Mongólia e as dicas de cuidados

Eles são agitados, ariscos e muito fofos. Assim podemos definir o pequeno Meriones unguiculatus, também conhecido como Esquilo da Mongólia, ou Gerbil. Quem está pensando em um pet diferente e que dê pouco trabalho, os gerbos são os mais indicados.

Conheça o Gerbil ou Esquilo da Mongólia e dicas de cuidados
Conheça o Gerbil ou Esquilo da Mongólia e dicas de cuidados

Quanto ao manuseio do gerbil
Apesar de serem facilmente confundidos com ratos, o gerbil pertence a uma família diferente de roedores, assim seu rabo é mais sensível, por isso nunca pegue seu gerbil pelo rabo.  Ao fazer isso, além de provocar muita dor, o rabo pode quebrar e se soltar, levando a infecções, sangramentos e até a morte de seu pet.

Quando for pegar um gerbil, faça uma concha com as mãos, e nao aperte, pois sua estrutura óssea é frágil, podendo quebrar, além disso, apertar demais pode esmagar órgãos, além de causar grande falta de ar.

Como são animais rápidos e ágeis, até que seu esquilo esteja acostumado com você, não tente carregá-lo fora da gaiola, pois ele pode pular no chão, e é realmente muito difícil de pegá-lo.

Alimentação

Apesar de ser um pet muito comum na Europa e EUA, no Brasil a procura por estes animais só começou a aumentar em 2010. Por esta razão, ainda não há uma ração especializada para estes animais, no entanto existem ótimas rações para outros roedores que podem ser administradas para o gerbil.

Entre as melhores rações que você pode oferecer a seu gerbilzinho está a Alcon Club Roedores, que é vendida em pet shop nas opções de 80 ou 500 gramas. Outra ração de qualidade é a Nutriconpet Nutriroedores, vendida em pacotinhos de 100 gramas. O preço dos pacotes pequenos varia entre R$ 3 e R$5, e como cada gerbo come apenas uma colher de sopa de ração por dia, esses pacotes duram bastante.

As misturas de sementes também podem ser oferecidas, no entanto não substituem a ração. A dica é oferecer a mistura de sementes de duas a três vezes por semana, procurando sempre comprar marcar conceituadas, como a Pombro Branco e ZooFood, que custam pouco e tem excelente qualidade.

Alimentos que pode oferecer ao gerbil

Primeiros falaremos do que os gerbos não podem comer: jamais dê frutas cítricas (podem causar aftas e sangramentos na boca, estômago e intestinais), verduras de folhas claras (possuem muita água e causam diarreia), besouros (possuem toxinas), feijão ou amendoim cru (possuem toxinas e matam por intoxicação), além é claro que não oferecer nada que contenha óleo, açúcar ou sal.

Ofereça semanalmente frutas, verduras e cereais, que fortalece a alimentação e deixam seu gerbil ainda mais saudável e bonito. Brócoli, banana, couve, jiló, maçã, espinafre, ameixa seca, pera, damasco, couve flor, são alguns exemplos do que você pode oferecer.

Uma excelente opção para quem quer garantir um reforço alimentar ao esquilo da mongólia é oferecer de duas a três vezes por semana  granola sem açúcar. Como possui uma boa quantidade de frutas secas e aveia, ajuda seu pet a ficar com um pelo mais macio, além de garantir ainda mais saúde a seu animal de estimação.

Gaiola para gerbil

Conheça o Gerbil ou Esquilo da Mongólia e dicas de cuidados
Conheça o Gerbil ou Esquilo da Mongólia e dicas de cuidados

O melhor ambiente para criar seu gerbo é uma caixa organizadora, a venda em supermercados e lojas de artigos em geral. Para garantir que seu amiguinho não vai ficar sem ar, corte com estilete ou faca quente a parte superior da tampa, coloque uma tela e pronto. Depois é só fazer um furo na lateral para passar o bebedouro.

Uma caixa organizadora de 50 litros possui espaço suficiente para que dois esquilos vivam bem. Para aumentar o espaço, a dica é fazer rampas com MDF ou chapas de acrílico.

Muitas pessoas preferem criar gerbos em gaiolas de hamster, porém eles tem a mania de roer constantemente as grades, e isso causa grande fricção no nariz, levando a inflamações. Além disso eles gostam de cavar o tempo inteiro, e nas caixas é possível colocar mais forração, dando mais prazer ao esquilo.

Para forrar o ambiente, prefira areia de gato natural, sem silica. Esse tipo de areia é mais barata e não há riscos de causar câncer em seu esquilo. Outra forração comum é a maravalha, mas fique atento, pois alguns gerbos desenvolvem alergias com este material. Para saber se causa alergia, é só ficar de olho no nariz do bichinho, se estiver com uma crosta vermelha ou inchado, é possível que seu gerbo seja alérgico.

Saúde

Os dentes dos gerbos crescem durante toda sua vida, e por isso é importante deixar dentro da gaiola objetos que eles possam roer para desgastar os dentinhos. Rolos de papel higiênico, caixas de alimentos, plaquinhas de MDF são ideais para que eles roam.

Os gerbos não podem se molhar, pois seria difícil secá-los completamente, o que ocasionaria o surgimento de fungos, eles podem se resfriar e até pegar pneumonia, o que pode levar a morte.  Para mantê-los limpos, a dica é utilizar pó de mármore, o gerbo irá rolar e se limpar com isso, também chamado de banho seco, o mesmo utilizado para chinchilas.

Apesar de gostarem muito de milho, esse alimento pode causar tumores nos gerbos, por isso é melhor retirar essa opção de alimento da ração.

Nunca tenha apenas 1 gerbil

Diferente dos hamsters, os gerbos não podem viver sozinhos. Na natureza vivem em colônias com até 20 indivíduos, e viver só pode levar seu gerbo a depressão, inclusive diminuindo sua expectativa de vida. Em dupla eles brincam, limpam um outro e adoram comer e dormir juntos.

Se você quer mesmo ter um gerbo feliz, tenha sempre um amigo para fazer companhia para ele! Para evitar crias indesejadas, prefira sempre dois machos ou duas fêmeas.

Conheça o Gerbil ou Esquilo da Mongólia e dicas de cuidados
Conheça o Gerbil ou Esquilo da Mongólia e dicas de cuidados

Artigos Relacionados:

Auquimia Pet Shop e Consultório Veterinário

O melhor Petshop de Manaus! Aqui seu pet pode se consultar, Vacinar, Imunizar, Operar, Banhar, Tosar, e contar com Assistência 24 Hrs. Entre em contato conosco pelo nosso fone : 92 3636 0666 | 92 99962 0298

Deixe uma resposta

*